Delia Ann Derbyshire foi-me apresentada pela Hibou. Morreu no Verão de 2001 o que muito se deve lamentar. A música de Delia aparece antes dela mesma perceber o que fazia porque o fazia de modo experimental, intuitivo. Delia morreu porque era alcóolica e de vida dura, nada lhe foi fácil. Feia. Delia era feia e muitíssimo talentosa. Pauline Oliveros, vivíssima, deve a Delia muito do que faz. Mesmo que não o mencione. 

 

O clip é antigo e nota-se na minha pele mais lisa, no meu corpo mais firme porque agora emagreci e muito. Não sei quando voltarei a ganhar peso. Não posso correr o que muito me incomoda. Assim, passeio o Cão a passo de marcha. Envelhecer pode não ser uma doença, mas que se parece, em quase tudo, com um fatal quebranto, oh, isso é mais que certo. Não desgosto, ainda, de ser mais velha ou até velha e assim me apresento aos mais jovens. Também é verdade que estou atenta aos melhores cremes destinados à pele e sobretudo tenho horror à gordura. Já sonhei que era obesa e esta confissão é caso único. 

A propósito de tradução penso no intraduzível que não o relaciono com a palavra (toda a palavra tem a sua tradução), mas no sistema lexical. A divisão sintática, por exemplo, coloca-me problemas quase paralisantes. O meu método consiste em largar a palavra e agarrar-me à frase pois aí se encontra a coisa sobre a qual se fala. Quando a tarefa se torna pesada, abandono a "presa" que me aprisiona e procuro sair de algum modo da casa obsessiva onde entrei ou caí. As plantas ou os animais, a natureza do mundo, o trânsito, uma calamidade vista no televisor podem acalmar a ansiedade, a incapacidade. Parto sempre da frase para chegar, mais tarde, à palavra. E mesmo assim, rigorosa, hesitante, insatisfeita entrego a tradução envergonhada e com a memória de cada possível impossível erro. Traduzir deveria ser quase proibido. 

«No princípio era a Imprensa e depois apareceu o Mundo» Karl Kraus sendo Karl Kraus. Escangalho-me a rir e vou à cozinha, descalça. Atrás de mim, o Cão espera por migalhas, distracções. Deixo cair uma bolacha marinheira como se fosse desajeitada. O Cão come, eu como e aqueço os pés nos pêlos macios do animal que entretanto adormece. A paz.